A conjuntivite, também conhecida como “olho rosa”, tem como sintomas a comichão e desconforto ao ponto de os seus olhos estarem colados e vermelhos.

A sua córnea (a parte branca à volta das pupilas) fica vermelha cor de sangue ou completamente rosa – daí o nome -, acabando por passar após cerca de uma semana.

A conjuntivite é, mais precisamente, uma inflamação da conjuntiva, a membrana transparente que cobre os seus olhos. Pode ter origem numa infecção bacteriana ou viral. Distinguir os dois tipos nem sempre é fácil.

A conjuntivite bacteriana faz com que os olhos fiquem mais colados durante a noite. Isto provém de uma descarga proveniente do olho.

Já a conjuntivite viral costuma afectar apenas um olho, enquanto a bacteriana ataca os dois olhos em simultâneo.

É muito fácil apanhar esta condição ocular. Tossir, espirrar ou tocar pode espalhar a infecção e esta pode alastrar-se como um fogo descontrolado nas condições certas.

Tapar a boca e lavar frequentemente as mãos com água quente e sabonete ajuda a impedir que se espalhe.

Se alguém em sua casa tiver conjuntivite, limite ao máximo o contacto com os outros. Ou seja, não ir à escola nem trabalhar nas primeiras 36 a 48 horas após o aparecimento, que é geralmente o período de contágio da conjuntivite bacteriana.

Consulte o seu médico para mais informações — especialmente se o problema persistir durante mais de cinco dias.

Comentários

comentários